• 01
  • 02
  • 03
  • 04
  • 05
  • 06
  • 07
  • 08
  • 09
  • 10
  • 11
  • 12
  • 13
  • 14

Consultoria

Nossas ações estratégicas estão alinhadas com o planejamento de comunicação e marketing multiplicando seus resultados.

Por isso nossa consultoria no marketing cultural torna acessível e fácil para que micros, pequenos e médios empreendedores tenham uma assessoria de marketing e publicidade exclusiva e profissional, valorizando conceitos e valores que direcionam a visão de mercado da empresa unindo a fórmula da responsabilidade social

A implantação de atividades que favorecem a percepção da responsabilidade social como ferramenta de gestão, primeiro passo para envolver a empresa no seu desenvolvimento.

Obter resultados em ações de interesse social é um desafio para muitas empresas, assim com experiência adquirida em vários projetos bem sucedidos, a Goeldi's Studio desenvolveu um sistema eficiente de monitoração de resultados e acompanhamento de gestão de projetos, garantindo a eficácia da ação e retorno de investimento de uma forma institucional.

Nosso propósito é oferecer-lhe um serviço de consultoria com o objetivo de reduzir seu custo operacional a cada estudo e, desenvolvimento de um projeto de mídia que envolva sua imagem ou de sua empresa, atrelado ao benefício da responsabilidade social.

A Goeldi's Studio propõe uma consultoria especializa em planejamento cultural. Um sistema de trabalho inovador, implementado com sucesso com vários parceiros e que contribui para o elevar seu conceito na sociedade.

 

ASSESSORIA TÉCNICA:

AVALIAR UMA OBRA DE ARTE


Na verdade quando temos que avaliar uma obra de arte, sempre nos deparamos com tamanha dificuldade em escolher profissionais sérios para isso, normalmente, algumas pessoas acabam caindo nas mãos de falsos profissionais do mercado de arte.

Isto tem sido uma constante que profissionais sérios e competentes acabam pagando o um preço muito alto por conta de pessoas que "se dizem" avaliadores.

Sempre aconselho a procurarem profissionais com formação em arte ou museologia, para que esta avaliação seja séria e sem protecionismos ou critérios inveridicos de acordo com o mercado de arte oportunista.

Porém devemos lembrar que alguns índices podem ser observados pelo próprio proprietário da obra ou futuro comprador que aprecia uma obra de arte.

- Autoria. Artistas contemporâneos ou acadêmicos, premiado ou amador

- A Técnica. A valorização de uma obra obedece uma escala de prioridades:

1. Óleo, acrílica sobre tela, madeira, metal, cartão ou outro suporte
2. Guache e têmpera sobre cartão ou papel
3. Aquarela, pastel seco e oleoso, lápis de cor e ecoline sobre papel
4. Desenhos a nanquim, carvão, sangüínea, sépia e a lápis
5. Gravuras, (Litografia, xilogravura, gravura em metal, serigrafia ou outro processo gráfico)
6. No caso das esculturas, deve ser observado a tiragem e a fundição.

- Fase do artista. Não obedecem obrigatóriamente uma ordem cronológica.

- Dimensão. Lembrando sempre que "Tamanho não é documento". Este item, não possui relevância.

- Conservação. O bom estado de conservação contribui para a valorização da obra de arte

- Origem. A procedência conta no valor final de uma obra de arte. Quando ela fez parte de uma importante Coleção ou figurou em uma Exposição e Catalogo.

- Assinatura. A falta de assinatura poderá diminuir o valor de uma obra de arte.

ARQUITETOS E ARTISTAS DISCUTEM O VERDADEIRO PAPEL DAS ARTES PLÁSTICAS NA DECORAÇÃO

Até mesmo aquilo que parecia se tratar de um ato simples e prazeroso, como decorar uma casa, está agora causando a maior polêmica. A discussão se passa no campo das artes plásticas. Será indevido o uso de uma obra de arte na decoração? A resposta nunca é unânime (ainda bem), mas caminha para um mesmo lado: depois de criada, a obra de arte passa a ser do público e, sem preconceitos, pode pertencer a qualquer um.

Trabalhar diretamente com arquitetos tem sido uma alternativa importante para o artista plástico no Brasil. Mesmo que alguns puristas condenem esse fato, pois a obra acaba sendo adquirida muito mais para combinar com a cor do sofá do que com o gosto e personalidade do cliente. Ainda assim, muitos artistas não acreditam que isto seja um problema, principalmente se há afinidade entre os dois profissionais.

É muito importante essa relação com o artista, para quem ter uma casa bonita sem ter uma obra de arte é como viver sem história. Fica parecendo um showroom.

“A obra de arte tem um lugar que é dela, nós até podemos sugerir algum artista que tenha um trabalho coerente com o projeto feito para a casa, mas o artista deve ter liberdade total para trabalhar, o importante é que cada vez mais o público veja e se interesse pela arte.

A mudança sofrida no mercado nos últimos anos, contribuiu também para uma mudança de mentalidade em relação a esse uso das artes na decoração. A boa obra de arte sempre terá o seu valor e o seu lugar, nao importa onde esteja.